Menu

7 – As Conjurações. (Júpiter, Belilim e Círculo Mágico)

1 de março de 2016 - Fase A

Tema nº. 7  –   As Conjurações. (Júpiter, Belilim e Círculo Mágico)

 

Tudo na Obra dos Deuses é construído sob a base da dualidade: o positivo e o negativo. Não sejamos ingênuos, portanto, ao ponto de crer que na ‘Criação’ de Deus não haja o bem e o mal.

Quero dizer com isso que existem anjos e demônios; luz e trevas; sabedoria e ignorância; o divino e o profano; Loja Branca e Loja Negra.

É uma triste e grande verdade que os demônios atacam impiedosamente os neófitos da Loja Branca, os quais necessitam se defender para não sucumbirem. Esse é um duro combate. Armageddon. Mas, atentemos, não obstante, que tal batalha não é travada somente no mundo exterior, senão, ademais, é também e principalmente travada dentro de cada um de nós mesmos de instante em instante, pois todas essas dualidades habitam primeiro o nosso interior.

Aquele que inicia um trabalho sério sobre si mesmo, lutando contra seus demônios internos, começa a se tornar pouco simpático, externamente inclusive, aos propósitos dos intelectuais, dos materialistas, dos luciféricos, etc… à loja negra em geral. E quanto mais luz ele transmita, mais trevas se chocarão contra ele.

As conjurações são ferramentas para que nos possamos defender dos ataques da Loja Negra.

Conjurações são palavras imperativas que se dirigem às energias negativas, para afastá-las. Usamo-las para nossa proteção. A oração do ‘Pai Nosso’, por exemplo, é muito poderosa, caso seja recitada com muita concentração e fé, e pode ser utilizada como uma Conjuração. As Conjurações podem também ser usadas em exorcismos. Demônios, nada mais são do que eus despertos no mal e para o mal. Ou seja, são energias negativas que engarrafam uma pequena porção de Essência.

Hoje vamos ensinar três conjurações muito antigas usadas pela Loja Branca para se defender das forças negativas.

 

BELILIM

            Essa conjuração é utilizada para limpeza do ambiente.

Trata-se de uma doce canção, um cântico, que deve ser entoado com pureza de coração, trazendo o som desde a laringe criadora com muita concentração e vontade. Estar concentrado é chegar a utilizar a máquina humana para apenas uma tarefa, neste caso, o som proferido pelo verbo criador com a intenção de limpar o ambiente.

Canta-se três vezes essa canção:

 

“Belilim

Belilim

Belilim

 

Ânfora de Salvação

Quisera estar junto a ti

O materialismo não tem forças sobre mim (levanta-se o tom, algumas notas, no “mim”)

 

Belilim

Belilim

Belilim”

 

– Veja uma gravação do próprio V.M.  Rabolu em – http://www.youtube.com/watch?v=AiJ2xutCYeM

 

CÍRCULO MÁGICO

            O ‘círculo mágico’ é uma ferramenta utilizada para proteger o ambiente depois de feita a limpeza. Trata-se de um hermético fechamento etérico muito poderoso que mantém protegidos dos ataques das entidades das lojas negras, sobretudo as do mundo astral, aqueles que estiverem dentro de seus limites.

Com muita imaginação e vontade unidas em vibrante harmonia, pedimos, concentradamente, ao nosso ‘Pai Interno’ (pois cada um tem o seu…) para que Ele ordene o nosso Intercessor Elemental a traçar um círculo mágico ao redor do lugar que nós queiramos proteger. E assim, nosso Intercessor Elemental não se recusará em obedecer às ordens do Pai e construirá o Círculo Mágico de Proteção.

Nosso Intercessor Elemental é uma partícula do Ser Divino que se desenvolveu quando ainda éramos Elementais da Natureza. Ela guarda em suas memórias grande sabedoria e deve ser utilizada para nosso proveito. Como não temos a Consciência desperta, precisamos suplicar ao Nosso Íntimo para que o ordene a trabalhar.

Deitados tranquilamente com as mãos sobre o plexo solar (na altura do umbigo), mão direita sobre a mão esquerda, imaginamos que uma criança, nosso Intercessor Elemental, confecciona uma fina e translúcida parede de luz branda ao redor do lugar estabelecido. Lembremos que imaginar é ver. Embora esse Círculo esteja em dimensões superiores à terceira, ele é quebrado quando o atravessamos fisicamente, ou quando algum animal do tamanho de um gato, por exemplo, o faz.

Normalmente utilizamos o círculo mágico ao nos deitarmos à noite ou antes de fazer alguma prática esotérica importante.

É imprescindível dizer aos candidatos a discípulo que um gnóstico nunca deve dormir como “Raimundo e todo mundo”. Ou seja, devemos sempre fazer nossas práticas noturnas. Essas são as melhores horas para nos entregarmos às práticas mais elaboradas, como o Desdobramento Astral, as práticas Jinas e a Meditação. O sono e o sonho são portas maravilhosas para dimensões superiores. Durante as horas noturnas a atmosfera está mais calma e é em geral nestes instantes que ninguém costuma nos incomodar. O neófito deve, portanto, aproveitar sempre os momentos de ir para cama para fazer qualquer das práticas dada pelos Veneráveis Mestres Samael e Rabolu.

Notem que o Círculo Mágico não impede os ataques dos malfeitores do mundo físico: ladrões, assaltantes etc.

 

CONJURAÇÃO DE JÚPITER

            Essa é uma poderosa conjuração para afugentar magos negros no plano astral.

7

Com o braço direito estendido e a respectiva mão na posição acima, direcionamos para aquele que no ‘astral’ queiramos verificar tratar-se de uma pessoa de boa índole ou não. A mão esquerda deve permanecer tampando o plexo solar, enquanto recitamos, de maneira enérgica e com muita fé a seguinte frase:

 

“- Em nome de Júpiter Pai dos Deuses eu te conjuro: TE VIGOS COSILIN!”.

 

A imaginação aqui também tem peso importante. Ao recitar a frase, imaginamos raios saindo da mão direita, como os raios que causam os trovões e atingindo o conjurado.

Essas são apenas três das muitas conjurações e exorcismos de que a Loja Branca se utiliza. Mas, já são bastante suficientes para aqueles que se decidiram a iniciar um trabalho sério sobre si mesmos poderem se defender. Utilizem essas ferramentas em momentos oportunos e experimentem as suas eficácias. Sejamos práticos.

Gnose é pura prática.

Aliás, a Gnose, ou melhor diria, o Conhecimento, é o resultado do êxito nas práticas aqui apresentadas. As teorias não são o conhecimento. Aqueles que se iludem a respeito do conhecimento, que acreditam que a sabedoria são teorias, os livros, enfim, jamais experimentarão isso que é o real, que está muito mais além do corpo, dos afetos e da mente.

Boas práticas!

 

RECAPITULANDO:

 

Devido à Dualidade…

Conjurações – proteção, exorcismos – para expelir, rechaçar as energias negativas;

1 – Belilim; (limpeza)

2 – Círculo Mágico; (fechar o ambiente)

3 – Júpiter. (no astral)

 

9 opiniões sobre “7 – As Conjurações. (Júpiter, Belilim e Círculo Mágico)

MARCO DI STEFANO

Salve o Avatar de Aquário Samael Aun Weor, que o VM Rabolu, retorne…
Paz Inverencial

Resposta
    gnose

    Será bom que despertemos a consciência, cada um a sua própria, para que possamos ver os Mestres no astral…

    Resposta
      Telmo A.M

      Muito bom.

      Resposta
    Filimone Sumbane

    Gratidão!

    Resposta
luis

É! fé sem obra fé fraca! entendi mesmo que só praticando tem bom exito!

Resposta
Ian Gabriel Nascimento Oliveira

Saudações, não seria interessante por as conjuraçoes antes da aula 3? Pois nessa, já incita a prática do desdobramento, sem alertar aos riscos

Resposta
    gnose

    Olá, Ian…. não há riscos em se fazer o desdobramento astral… todas as pessoas o fazem todas as noites, porém inconscientemente, por isso não se dão conta que estão fora do corpo e sonham profundamente a flutuar sobre seus corpos… Há outra questão que se refere às Conjurações: elas podem parecer estranhas aos pouco afeitos ao esoterismo… Não obstante, sabemos que é importante para que o neófito se proteja, pois assim que a loja negra percebe que ele se tornou alguém que se decidiu a entrar pelo caminho da Magia Branca, vão o atacar… mas, note, isso que se decidir a seguir pelo Caminho Sagrado, demonstrando com fatos isso, é uma outra coisa bem mais profunda que fazer desdobramento astral… isso leva algum tempo para acontecer… e falando francamente, muitos dos que passam a passaram pelas fileiras do Movimento Gnóstico Cristão Universal até hoje não materializaram com fatos essa escolha… há que se notar, ainda, que o desdobramento astral não é uma chave somente para Magos Brancos, há levas de magos negros e pessoas comuns que fazem desdobramento astral também… em virtude de todas essas questões optamos por entregar as Conjurações no começo, mas não exatamente a primeira coisa a se entregar, achamos por bem entregar o Desdobramento Astral primeiro… Saudações recíprocas… PAZ INVERENCIAL

    Resposta
Rodrigo

Existe alguma conjuração para maus pensamentos?

Resposta
    gnose

    A morte do eu psicológico… de instante em instante… de momento em momento… não se canse… essa é a Grande Batalha de que fala a Bíblia… PAZ INVERENCIAL

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.