Menu

6 – Onde estão as dimensões dentro de nós?

1 de março de 2016 - Fase A

Tema nº. 6  –   Onde estão as dimensões dentro de nós?  –  (As dimensões no microcosmo – homem)

 

No pórtico do Templo de Delfos na Grécia lia-se: “Homem, conheça-te a ti mesmo e conhecerás os Deuses e o Universo”

quaternario

(O gráfico acima representa o atual estado interior médio em que a humanidade se encontra. Nele podemos identificar os quatro corpos de pecado como C.F. (corpo físsico), C.V. (corpo vital), C.A. (corpo astral) e C.M. (corpo mental). Os ‘eus’ são representados pelos pontinhos. É indispensável compreender que os eus engarrafam certa porcentagem de essência. O que resta, ou seja, a Essência Livre, porém adormecida, é representada pela letra ‘E’ e é constituída por apenas 3% de toda a nossa consciência.)

 

1ª, 2ª e 3ª Dimensões – Caracterizam o corpo físico celular comum e corrente;

 

4ª Dimensão – Corpo Vital ou Etérico. É o nosso corpo TERMO-ELÉTRO-MAGNÉTICO.       O Linga Sarira dos hindustãos. Normalmente, o corpo físico e vital não se separam. Os chineses têm tratados maravilhosos sobre a existência e funcionalismo deste veículo. Muitos clarividentes o têm visto.

Percebemos o corpo vital em nós mesmo através da simples percepção de nossa vitalidade. O corpo vital é composto por vários éteres, cada qual com suas próprias funções, como por exemplo, aquele que dá calor ao corpo, etc.

É possível investigar, não obstante, o mundo tetradimensional por nós mesmos quando a adentramos em estado de Jinas. O nosso próprio corpo físico submerge, nestas ocasiões, na quarta dimensão. Estudem e pratiquem intensamente as práticas Jinasdadas neste curso com infinita tenacidade e paciência, e obtereis os resultados.

 

5ª Dimensão – Nosso Corpo Astral, nosso Corpo Mental e nossa legião de egos estão na quinta dimensão.

Com a AUTO-OBSERVAÇÃO de nós mesmos é comum percebermos nossos sentimentos. Também é fácil nos darmos conta do que estamos pensando (notem: ainda quando não queiramos pensar em nada, o comum é que a tagarelice interior prossiga sem nossa permissão… mas isso pode e deve ser mudado!). Com um pouquinho mais de atenção e destreza na arte da auto-observação de nós mesmos também não é difícil percebermos nossos egos em plena atuação.

Os nossos egos pensam, sentem e agem por nós. Eles estão, portanto, um pouquinho mais além dos sentimentos, pensamentos e vontades, ou seja, eles não são os sentimentos propriamente ditos, nem os pensamentos, tampouco as vontades; mas eles tem um ‘sabor psicológico’ (por assim se dizer…) inconfundível, que os caracterizam como um todo, como uma entidade dentro de nós. Os egos engarrafam nossa Essência e mecanizam todos os cilindros da máquina humana.

Como dissemos linhas acima, não é difícil, com um pouquinho de destreza na auto-observação de nós mesmos, conforme ensinaremos detalhadamente em lições futuras, percebê-los dentro de nós mesmos aqui e agora.

Por outro lado, quando nossos processos psicológicos se silenciam harmoniosamente… quando reinar uma certa paz interior, mesclada com sono, num gozo delicioso, tenhamos a certeza de que nestes instantes estaremos mais em contato com o corpo astral do que com o físico, restando-nos apenas submergir na quinta dimensão. É possível, portanto, vivenciarmos em toda sua plenitude a quinta dimensão, quando obtivermos êxito no DESDOBRAMENTO ASTRAL.

Temos que dizer aqui: o autêntico Corpo Astral deve ser fabricado; hoje em dia o humanoide tricerebrado somente possui uma fria sombra lunar astral, o corpo de desejos.

O Corpo Astral Solar, o Eidolon, veículo maravilhoso, TRAJE DE BODAS DA ALMA, conforme se menciona no Evangelho, é fabricado por nós mesmos quando no ato sexual transmutamos nossas energias sexuais, sem derramar jamais o sêmem. O excedente transmutado pelo casto vai sendo fixado ao mesmo tempo em que aquela sombra astral vai morrendo, vindo a dar vida ao maravilhoso e luminoso Corpo Astral Solar.

O Corpo Astral Solar trata de dar unidade aos sentimentos. Com ele poderemos, por direito próprio, ter acesso aos rincões mais sagrados do Universo.

Processo semelhante acontece com o corpo mental.

 

6ª Dimensão – A sexta dimensão dentro de nós, em nosso atual estado psíquico, são apenas os 3% de Essência livre, porém adormecida, que cada um de nós mais ou menos possui.

Isso, porém, deve ser ampliado, se é que de fato anelamos a Mudança Radical.

Após muitos trabalhos conscientes e padecimentos voluntários, a Consciência se ampliará majestosamente.

Sua expressão total se dará quando do CASAMENTO MÍSTICO entre a VIRGINAL ALMA HUMANA e a ALMA DIVINA, cujos veículos autênticos são o Corpo Búdhico e o Corpo Causal. Porém, é imprescindível destacar: AINDA NÃO OS TEMOSFABRICADOS E/OU CONECTADOS. Esse é o verdadeiro encontro das almas gêmeas, que se dá dentro de nós mesmos – Evento Cósmico Maravilhoso – ocasião em que nos sentiremos completos, plenos da presença do Divino, o tempo todo…

Damo-nos conta dos três por cento de Essência livre, quando a vemos caracterizar a beleza dos recém-nascidos.

Dentro de nós mesmos a manifestação perceptível da Essência são os raros sentimentos inefáveis; as inquietudes espirituais; os arrependimentos; o micro instante de intuição; etc.

A 6ª dimensão poderá ser comprovada quando obtivermos êxito na prática da MEDITAÇÃO TRANSCENDENTAL profunda, ocasião em que nossa pequena porcentagem de Essência Livre conseguirá se esquivar dos egos e da mente e chegará ao seu lugar de origem, o Mundo Causal ou Sexta Dimensão da Natureza. Ali Ela será (nós, sem o ego, seremos) um Pequeno Deus em miniatura.

35OBSERVAÇÃO: Com o trabalho dos TRÊS FATORES DE REVOLUÇÃO DA CONSCIÊNCIA iremos eliminando egos, o que fará com que liberemos parte da essência por ele engarrafada, a qual além de receber o acréscimo de átomos solares para fabricação dos Corpos Solares, deverá ser despertada com a MEDITAÇÃO. Isso faz com que nos tornemos conscientes merecedora e progressivamente de todas as dimensões dentro de nós mesmos e voltaremos, por fim, a nos unir com Deus.

 

7ª Dimensão – É a dimensão do Íntimo, do nosso Pai que está em secreto, pois cada um possui o seu. (HÁ TANTOS PAIS NO CÉU, QUANTO HOMENS NA FACE DA TERRA.) O Íntimo se faz manifestar através de seu Corpo Átmico.

É-nos dito que Deus é uma chama, Átma, que resplandece dentro de um fino vaso de alabastro, a Alma Divina.

6

Neste pequeno gráfico vemos o Quaternário Inferior ligado à Tríade Sagrada.

O quaternário inferior, também chamado de os QUATRO CORPOS DE PECADO são a parte que normalmente nós, animais intelectuais equivocadamente chamado homens, chamamos a nós mesmos. Trata-se dos corpos vital, astral, mental e físico. Chamamo-los de os Quatro Corpos do Pecado, pois é somente até aí que o ego consegue se manifestar.

A Tríade Sagrada, composta pela Alma Humana, pela Alma Divina e pelo Íntimo, o NOSSO REAL SER, está fora desse quaternário; mantêm-se desconectada de nós, justamente em virtude das consequências negativas de nossos pecados.

A única ligação que ainda temos com o nosso Íntimo é um átomo do Pai que possuímos na raiz do nariz.

O objetivo do trabalho de REGENERAÇÃO mediante os Três Fatores de Revolução da Consciência (morrer, nascer e sacrifício pela humanidade) é justamente nos religarmos com o Pai (aprendermos a fazer a vontade do Pai definitivamente).

Devemos lembrar sempre que todas estas dimensão estão aqui e agora dentro de nós mesmos. ELAS SE PENETRAM E COMPENETRAM SEM SE CONFUNDIREM.

 

RECAPITULANDO:

 

– 1ª, 2ª e 3ª Dimensões – Corpo físico;

– 4ª Dimensão – Corpo vital;

– 5ª Dimensão – Corpo Astral e Corpo Mental e os Egos;

– 6ª Dimensão – Essência livre;

– 7ª Dimensão – Real Ser;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.